Províncias

Autoridades combatem surto de raiva

Justino Vitorino | Huambo

Mais de 600 casos de mordeduras por cães raivosos são registados mensalmente na província do Huambo, revelou o chefe de departamento provincial dos Serviços Veterinários, Jorge Almeida.

O médico veterinário disse que os municípios do Huambo e Chicala Cholohanga são os que registam mais casos a nível da província e tranquilizou a população, afirmando que os Serviços Veterinários dispõem de doses suficientes de vacina anti-rábica.
Jorge Almeida exortou os criadores de animais de estimação, como gatos, cães, macacos e outros de grande porte, a recorrerem aos Serviços Veterinários para protegerem a saúde dos animais.
O especialista considerou positiva a campanha de vacinação contra a raiva realizada em Janeiro deste ano e elogiou o empenho e dedicação dos técnicos dos Serviços Veterinários.
Jorge Almeida esclareceu que a campanha teve maior adesão no município sede do Huambo, por ser a maior jurisdição e com mais população de cães.
A campanha de vacinação  contra a raiva contou com a participação de técnicos da Faculdade de Medicina Veterinária e do Instituto Médio Agrário, além de outros parceiros que fazem parte da actividade na província.
Durante a campanha contra a raiava anterior foram vacinados mais de 70.000 animais.

Tempo

Multimédia