Províncias

Autoridades satisfeitas com reinauguração

As autoridades tradicionais do município do Mungo, a cerca de 150 quilómetros a norte da cidade do Huambo, manifestaram-se segunda-feira satisfeitas com a reinauguração do Hospital Municipal da circunscrição, que vai ser uma mais-valia no atendimento médico e medicamentoso à população.

A infra-estrutura comporta entre outros serviços o de medicina geral e farmacêutico
Fotografia: Jornal de Angola

As autoridades tradicionais do município do Mungo, a cerca de 150 quilómetros a norte da cidade do Huambo, manifestaram-se segunda-feira satisfeitas com a reinauguração do Hospital Municipal da circunscrição, que vai ser uma mais-valia no atendimento médico e medicamentoso à população. 
O hospital foi inaugurado pelo governador da província do Huambo, Fernando Faustino Muteka, tem capacidade para internar 38 pacientes e visa garantir o bem-estar das famílias.
 O soba grande do Mungo, Florentino Sambundo Gabriel, que ganhou igualmente uma residência, disse que a reinauguração do hospital, totalmente reabilitado e apetrechado, vai contribuir para a redução da mortalidade por malária e outras endemias que afectam a população desta localidade.
 “Estamos muito satisfeitos com o esforço que está a ser empreendido pelo nosso Executivo e em particular pelo Presidente da República, José Eduardo dos Santos. Com a inauguração do hospital municipal e do centro de saúde de Mbata exigimos apenas a construção de bancos e mais escolas”, frisou.
 O soba Bartolomeu Sainga disse que o Hospital Municipal, com capacidade para 38 camas, significa para os munícipes do Mungo o grande esforço do Executivo em realizar as acções para o desenvolvimento das zonas rurais e de combate à pobreza, bem como o combate à malária e mortalidade materno-infantil.  O cidadão Gaspar Domingos Araújo disse que a importante infra-estrutura, que possuiu entre outros compartimentos, uma morgue com capacidade para seis mortos e um centro de Aconselhamento e Testagem Voluntária de VIH/Sida, vem reforçar o trabalho realizado pelo Executivo desde a conquista da paz em 2002.
 A infra-estrutura, inaugurada no âmbito do Programa Municipal Integrado de Desenvolvimento Rural e Combate à Pobreza, comporta igualmente serviços de medicina geral e farmacêutico, pediatria, maternidade, ortopedia e sala de planeamento familiar.

Tempo

Multimédia