Províncias

Cambuengo pede mais professores

Cento e seis professores do primeiro ciclo são necessários, para esta época escolar, na comuna de Cambuengo, cerca de 184 quilómetros a Norte da cidade capital do Huambo.

Cento e seis professores do primeiro ciclo são necessários, para esta época escolar, na comuna de Cambuengo, cerca de 184 quilómetros a Norte da cidade capital do Huambo.
Na comuna de Cambuengo, afecta ao município de Mungo, a educação conta com apenas 79 professores.
Em declarações ontem à Angop, o administrador comunal de Cambuengo, Filipe Abílio, revelou que 4.773 crianças estão fora do sistema normal de ensino, por falta de docentes.
No sector da Educação em Cambuengo estão matriculados, para este ano lectivo, mais de 8 mil e 778 alunos do primeiro e segundo ciclos.
Filipe Abílio referiu ainda que o sector debate-se, igualmente, com a falta de salas de aulas: Este ano conta com apenas 12 turmas.

Tempo

Multimédia