Províncias

Casas para jovens prontas neste ano

Mário Clemente| Bailundo

Até ao final deste ano, os municípios do Huambo e Bailundo vão ter disponíveis 125 casas sociais para os jovens.

Ministro da Juventude e Desportos
Fotografia: José Soares

Os municípios do Huambo e Bailundo vão ter disponíveis, até ao final deste ano, 125 casas sociais para os jovens, anunciou, na quarta-feira, o ministro da Juventude e Desportos, Gonçalves Muandumba.
O ministro disse, na cidade do Huambo, que o Executivo tem igualmente programas de construção de moradias para os jovens dos municípios do Longonjo, Ukuma, Catchiungo e Tchindjenje.
Para o município do Huambo, Muandumba informou que está projectada a construção de 75 moradias do tipo T3 em terrenos já identificados pelo Governo da província. No Bailundo, salientou o governante, as obras de construção já começaram, estando programada a edificação de 50 moradias de igual dimensão. Na vila sede do Bailundo, local em que a comitiva ministerial permaneceu por mais tempo na quarta-feira, Gonçalves Muandumba constatou com agrado a construção de 13 moradias. O ministro disse que, até Dezembro, 50 casas vão ser entregues ao Governo da Província do Huambo, órgão que em seguida trata dos procedimentos de comercialização junto dos jovens.
 Gonçalves Muandumba informou ainda, durante a sua visita ao Bailundo, que os jovens da província do Huambo vão beneficiar de crédito do Executivo para o fomento do auto emprego e de outras actividades que geram riqueza própria.

Tempo

Multimédia