Províncias

Casos de malária reduzem na Caála

O director da Saúde no município da Caála, Albino Ndumbi Ernesto, informou ontem que foram diagnosticados no ano passado 632 casos de malária contra os 749 do ano anterior.

Em declarações à Angop, Albino Ernesto disse que a redução de casos de malária se deveu à pulverização de residências, distribuição de mosquiteiros, combate anti-larval e sensibilização dos munícipes sobre os cuidados a ter em casa e fora dela para evitar a picada do mosquito vector da doença.

Tempo

Multimédia