Províncias

Centralidade do Huambo

A comercialização de casas na centralidade da Caála, na província do Huambo, inicialmente prevista para este ano, está a depender da conclusão dos trabalhos de infra-estruturação técnica.

O anúncio foi feito pela directora local do Ordenamento do Território, Urbanismo e Ambiente, Nadir Gomes, informando que a infra-estruturação consiste na instalação de sistemas de água potável, energia eléctrica e saneamento básico.
Segundo Nadir Gomes, estes trabalhos decorrem num ritmo lento, o que pode condicionar a recepção de moradores ainda este ano. “Tendo em conta a situação financeira que o país vive não podemos avançar prazos para a conclusão, pois os trabalhos decorrem a rítmo lento devido a situações conjunturais. De facto, esta situação é lamentável  porque muita gente na província está a precisar de um teto,” disse aquela responsável.
Em construção desde 2012, a centralidade da Caála possui quatro mil moradias do tipo T3, estabelecimentos comerciais, creches,escolas e centros de saúde.

Tempo

Multimédia