Províncias

Centro de Produção da TPA passa a ter programas locais

Justino Vitorino | Huambo

A Televisão Pública de Angola vai, dentro em breve, dispor, no Huambo, de um centro de produção para emissão de programas locais, anunciou o novo director da tpa na província.

Huambo vai contar com um centro de produção e uma grelha de programação local
Fotografia: Jornal de Angola

A Televisão Pública de Angola vai, dentro em breve, dispor, no Huambo, de um centro de produção para emissão de programas locais, anunciou o novo director da tpa na província.
 Luís Caetano, jornalista que substitui no cargo Almeida Tavares, fez esta revelação durante a sua apresentação aos funcionários da  principal estação de televisão angolana. Para atingir esse objectivo, referiu, conta com “a colaboração de todos os profissionais do sector e de pessoas de boa fé na província”.
“Quando aceitei o convite, uma das preocupações e condições que levantei junto da direcção da TPA foi de a província do Huambo deixar de ser apenas uma direcção provincial e passar a ser um centro de produção com capacidade de emissão local e grelha de programação dos serviços noticiosos, apontamentos nacionais, para os principais espaços de informação, como ‘Bom dia Angola’, ‘Ecos e Factos’ e ‘Telejornal’”, disse o novo director. Estes projectos constituem o propósito da TPA no Huambo, disse, adiantando que, apesar de estar em fase embrionária, a comunicação social tem de criar condições, principalmente em tecnologia, que uma televisão exige.
“Estamos na fase da preparação de um novo estúdio. Depois vamos ter de reequipar o nosso centro, para termos, numa primeira fase, as presenças diárias nos principais espaços de informação da TPA. Em seguida, paulatinamente, passaremos para a informação local, com a emissão de noticiários em língua portuguesa e na língua umbundu, com os espaços de entretenimento, além de outros, que aglutinem, cada dez mais, os habitantes da região do Planalto Central”, frisou o novo director provincial da TPA.

Tempo

Multimédia