Províncias

Centro de Testagem Elavoco regista um aumento de casos

Mário Clemente | Huambo

O número de pessoas afectadas com o vírus da sida aumentou no ano transacto na província do Hu­ambo, informou ontem o director interino do Centro de Testagem Elavoco.

O número de pessoas afectadas com o vírus da sida aumentou no ano transacto na província do Hu­ambo, informou ontem o director interino do Centro de Testagem Elavoco.
Pires Sanalende afirmou que em 2011 estavam registados 325 seropositivos e em 2012 o número subiu para 611 casos.
Segundo o director, dos 6.624 cidadãos que realizaram o teste no centro no ano passado, dos quais 4.500 mulheres grávidas, 2.214 homens adultos e 2.112 crianças, de ambos os sexos, 286 resultaram positivos.
O centro recebe em média 30 voluntários por dia e, segundo Pires Sanalende, este número tende a aumentar, pois é cada vez maior o interesse de cidadãos em saber o seu estado serológico.
As autoridades sanitárias da província estão preocupadas e procuram inverter o quadro, a começar pelas campanhas de sensibilização nas escolas e comunidades sobre a importância do uso dos meios de prevenção.
Uma voluntária que aguardava a sua vez para o teste no centro disse que foi fazer o exame a pedido do namorado que já fez com resultado negativo. Outra afirmou que foi fazer o teste depois de notar que o seu filho está sempre doente, sem saber o que tem e todas as análises clínicas feitas no hospital resultarem negativas. “Os serviços de emergência aconselharam-me a fazer o teste para ver o meu estado de saúde, como mãe”, afirmou esta última.

Tempo

Multimédia