Províncias

Centro Elavoco acompanha VIH/Sida

 Ao longo de 2010, o centro de aconselhamento e testagem voluntária Elavoco, adstrito ao hospital central do Huambo acompanhou 355 pessoas portadoras de HIV/Sida na província, informou na segunda-feira à Angop a responsável do centro, Conceição Ferreira.

Instituto Nacional de Luta contra Sida
Fotografia: Francisco Bernardo

 Ao longo de 2010, o centro de aconselhamento e testagem voluntária Elavoco, adstrito ao hospital central do Huambo acompanhou 355 pessoas portadoras de HIV/Sida na província, informou na segunda-feira à Angop a responsável do centro, Conceição Ferreira.
Sem revelar o número de óbitos registado durante o ano findo, assegurou que o número de casos positivos resultou da testagem voluntária de 4.074 pessoas que procuraram os serviços de saúde naquele centro. Os casos positivos foram diagnosticados em 31 mulheres grávidas e 214 outras, em 23 crianças de ambos os sexos e em 87 homens que efectuam de forma voluntária o teste do HIV/Sida no centro de aconselhamento e testagem Elavoco, aberto ao público desde 2009.
Conceição Ferreira realçou que para reduzir o impacto negativo da doença, a instituição tem realizado palestras de sensibilização e distribuição gratuita de material de prevenção nas comunidades de maior concentração populacional.
Referiu ainda que, para um bom funcionamento da instituição, necessita de meios informáticos para processar os dados e de um psicólogo especializado para aconselhamento das pessoas que procuram os serviços de saúde naquela unidade.

Tempo

Multimédia