Províncias

Centro "Elavoco" precisa de retrovirais

AdolfoMundomb |Huambo

A directora do Centro “Elavoco”, unidade de aconselhamento e testagem voluntária do vírus da sida e outras doenças transmitidas sexualmente no Huambo, Conceição Vicente Ferreira, disse, na quinta-feira, que são precisos retrovirais para o tratamento de doentes que ali chegam.
Conceição Vicente Ferreira disse que o Centro “Elavoco” atendeu, desde Janeiro deste ano, 298 doentes, entre eles 78 mulheres grávidas, 15 crianças e 77 homens.

Atendimento diário

O Centro “Elavoco”, que atende, diariamente, 20 doentes, maioritariamente jovens, tem 14 enfermeiros e um médico. Por não ter  condições de internamento, muitos doentes são transferidos para o Hospital Central do Huambo.
O Centro “Elavoco” é apoiado pela Direcção Provincial de Saúde, que fornece, regularmente, medicamentos. Está equipado com meios de testagem do vírus da sida e de outras doenças sexualmente transmissíveis.
Conceição Vicente Ferreira disse que para tentar diminuir os contágios, a direcção do centro realiza palestras de sensibilização nas comunidades, escolas, unidades policiais, militares e nos municípios.

Tempo

Multimédia