Províncias

Centro Ortopédico da Alta recebeu uma ambulância

Uma ambulância e outros meios foram entregues ao Centro Ortopédico da Bomba Alta, no Huambo, numa iniciativa do Fundo Lwini.
 A unidade hospitalar, especializada em ortopedia e reabilitação física, atende em média 170 pacientes por dia com patologias diferentes, tendo como casos mais frequentes a paralisação dos membros superiores e inferiores devido a trombose.

Uma ambulância e outros meios foram entregues ao Centro Ortopédico da Bomba Alta, no Huambo, numa iniciativa do Fundo Lwini.
 A unidade hospitalar, especializada em ortopedia e reabilitação física, atende em média 170 pacientes por dia com patologias diferentes, tendo como casos mais frequentes a paralisação dos membros superiores e inferiores devido a trombose.
 A vice-presidente da Fundação Lwini, Joana Lina, disse que este gesto da organização visa melhorar a qualidade de atendimento às populações. “Esta é uma acção complementar à intervenção que a Fundação Lwini efectua nesta unidade hospitalar, mas também nos inteirámos do actual funcionamento do centro, para conhecer as necessidades que podem ser resolvidas nos próximos dias”, destacou.
 O director em exercício da Saúde da província do Huambo, Cesário Sapalo, enalteceu a iniciativa da Fundação Lwini e explicou que a oferta da ambulância veio preencher uma necessidade premente do Centro Ortopédico da Bomba Alta.
“Estamos bastante satisfeito com este gesto e , com certeza, este meio nos vai ajudar bastante, em particular ao Centro Ortopédico da Bomba Alta. Que surjam mais apoio”, disse.
Durante a sua estada na cidade do Huambo, a vice-presidente da Fundação Lwini procedeu igualmente à entrega de material didáctico à escola do ensino especial, numa acção que visa melhorar a qualidade de ensino para os portadores de deficiência.

Tempo

Multimédia