Províncias

Chuvas desalojam famílias

Justino Vitorino| Huambo

A forte chuva que caiu no fim-de-semana no município do Londuimbali, no Huambo, destruiu várias casas, o que deixou 66 famílias desalojadas.

Além da destruição de casas e outras infra-estruturas campos agrícolas são inundados
Fotografia: João Gomes

O chefe de comunicação e imagem dos Serviços de Protecção Civil e Bombeiros disse ontem, ao Jornal de Angola, que em toda a província a chuva tem destruído centenas de casas, escolas, centros e postos de saúde, postos de iluminação pública, pontes, igrejas e campos agrícolas. 
Abel Kangombe afirmou que  Bailundo, Mungo, Londuimbali, Ekunha, Cachiungo, Longonjo, Chinjenje e Chikala Cholohanga são os municípios mais atingidos pelo mau tempo. Os Serviços de Protecção Civil e Bombeiros, referiu, continua a prevenir a população para o perigo de se procurar abrigo da chuva perto de cabos eléctricos e debaixo de árvores e das crianças se aproximarem das valas de drenagem.
O oficial dos bombeiros declarou que as puxadas anárquicas de cabos de energia eléctrica e a construção de casas em zonas consideradas de risco, à beira dos rios e em terrenos inclinados são outras causas de morte
Abel Kangombe sugeriu à população que plante árvores em zonas consideradas de risco para combater as ravinas.

Tempo

Multimédia