Províncias

Circulação de comboio beneficia a população

Estácio Camassete | Caála

Agentes económicos do município da Caála, província do Huambo, enalteceram ontem os ganhos que a localidade teve com a entrada em circulação do comboio dos Caminhos-de-Ferro de Benguela.

Agentes económicos do município da Caála, província do Huambo, enalteceram ontem os ganhos que a localidade teve com a entrada em circulação do comboio dos Caminhos-de-Ferro de Benguela.
A chefe da secção de Hotelaria e Turismo da administração municipal da Caála, Maria da Conceição, disse que a entrada em circulação do comboio no troço Benguela/Huambo/Bié tem trazido grandes benefícios à população, uma vez que possibilita o transporte de passageiros e mercadorias a partir do Lobito.
Esta situação, ressalta a responsável, tem permitido que muitos empresários e comerciantes consigam escoar os produtos do campo para os centros urbanos de Benguela e Lobito.
O turismo é outro sector que beneficia com a entrada em circulação do comboio. “Temos recebido muita gente que chega de vários pontos do país, principalmente de Benguela e do Chinguar, que visitam a Caála para conhecer as raízes culturais e outros pontos turísticos de interesse do nosso município”, referiu.
A chefe de secção de Transportes da referida administração, Teresa Venâncio, considera que a entrada em circulação do Caminho-de-Ferro de Benguela, depois de mais de 15 anos de paralisação, veio facilitar a vida dos habitantes da Caála, em particular, e da província em geral.

Tempo

Multimédia