Províncias

Circulação regular dos comboios começa no início do próximo ano

Estácio Camassete |Huambo

Os Caminhos-de-ferro de Benguela (CFB) garantem o serviço regular de transportes ferroviários entre o Lobito e o Huambo no primeiro trimestre de 2011, garantiu o vice- ministro dos Transportes para a área ferroviária, José João Kuvingua.

Com a circulação do comboio os produtos do campo vão ser escoados com mais fluidez
Fotografia: Mota Ambrósio

Os Caminhos-de-ferro de Benguela (CFB) garantem o serviço regular de transportes ferroviários entre o Lobito e o Huambo no primeiro trimestre de 2011, garantiu o vice- ministro dos Transportes para a área ferroviária, José João Kuvingua.
A maior parte dos trabalhos na via-férrea está concluída e os técnicos fazem agora trabalhos de acabamentos: “quando passar a máquina de ataque às linhas-férreas, tudo fica concluído”, frisou, José João Kuvíngua.
O vice-ministro afirmou que depois das linhas, vão ser concluídas as obras da estação principal do Huambo e outras estações ao longo do percurso. Estão em curso os trabalhos de sinalização e na rede de telecomunicações, uma vez que a fibra óptica já foi lançada na via. “No primeiro trimestre de 2011, temos o comboio a apitar no Huambo”, disse José João Kuvíngua.
O economista Euclides da Silva ficou satisfeito com a notícia porque “o comboio vai melhorar muito a qualidade de vida das populações do Planalto Central”. O economista
Acrescentou que o CFB “vai revitalizar a economia e facilitar as transacções comerciais através do porto do Lobito”. Durante a sua estada no Huambo, o vice- ministro José Kuvíngua visitou as oficinas do CBF e outros empreendimentos da empresa ferroviária.       

Tempo

Multimédia