Províncias

Colaboração da sociedade é importante na organização

O administrador municipal do Huambo, José Marcelino, defendeu, quinta-feira, a necessidade de haver maior colaboração da sociedade na organização dos órgãos do poder tradicional e dos sistemas governativo, tornando desta feita o país mais forte e justo em toda as suas vertentes.

O administrador municipal do Huambo, José Marcelino, defendeu, quinta-feira, a necessidade de haver maior colaboração da sociedade na organização dos órgãos do poder tradicional e dos sistemas governativo, tornando desta feita o país mais forte e justo em toda as suas vertentes.
Esta posição do administrador do Huambo foi expressa durante o acto que marcou a abertura da conferência municipal da sociedade civil, caracterizando a sociedade como um grupo de pessoas responsáveis e com elevados índices de cidadania e patriotismo, facto que exige relações com o Executivo no combate à pobreza.
José Marcelino assegurou que a colaboração da sociedade civil no sistema governativo pode contribuir de forma rápida no progresso e desenvolvimento do país, o que exige empenho e envolvimento activo de todos os membros.
O encontro juntou 40 convidados, entre estudantes universitários, empresários, representantes de partidos políticos, sindicalistas, Organizações Não Governamentais e funcionários, com o fim de analisar a situação da democracia e cidadania, crédito de campanha e de investimento no processo de desenvolvimento do país.
A gestão de terras comunitárias e as eleições periódicas como um compromisso para a consolidação da democracia em Angola, figuravam também na agenda da conferência da sociedade civil do município do Huambo que os organizadores consideraram um êxito.

Tempo

Multimédia