Províncias

Comuna da Catata com mais escolas

Justino Vitorino|Catata

Durante o presente ano lectivo, foram construída dez escolas comunitárias na comuna da Catata, município da Caála, no Huambo, disse na quinta-feira o chefe da repartição municipal da Educação, Mateus de Sousa.

Durante o presente ano lectivo, foram construída dez escolas comunitárias na comuna da Catata, município da Caála, no Huambo, disse na quinta-feira o chefe da repartição municipal da Educação, Mateus de Sousa.
A construção das escolas, uma iniciativa das comunidades apoiada pela administração local, resultou no aumento de mais 30 salas de aula, o que permitiu reduzir o número de crianças que estudavam em condições precárias.
Mateus de Sousa reconheceu que o alcance da paz criou a possibilidade do sector evoluir consideravelmente na comuna. No início do ano, a localidade recebeu novos professores, admitidos no quadro do concurso público realizado na província.
Em 2009, o sector da Educação da Catata registava um défice de cerca 80 professores, mas este ano a localidade foi reforçada com mais 147 docentes para o ensino primário e outros 12 para o segundo ciclo, o que permitiu matricular 10.130 alunos, revelou Mateus de Sousa, adiantando que a localidade não tem qualquer criança fora do sistema de ensino, até agora.“O que temos é excesso de crianças dentro das salas de aula. Mas, esperamos que esta situação venha a ser ultrapassada, conforme vá aumentando o número de professores”, afirmou o responsável.

Tempo

Multimédia