Províncias

Crianças da Catata no sistema de ensino

Marcelino Dumbo | Catata

Na comuna da Catata, Huambo, mais de 350 crianças que se encontravam fora do sistema normal de ensino, seão inseridas no presente ano lectivo, pela repartição da Educação, segundo disse ontem o administrador Simão Tchinduva.

Na comuna da Catata, Huambo, mais de 350 crianças que se encontravam fora do sistema normal de ensino, seão inseridas no presente ano lectivo, pela repartição da Educação, segundo disse ontem o administrador Simão Tchinduva.
A administração está a desenvolver esforços no sentido de criar ainda mais salas de carácter provisório, para diminuir o número de crianças em idade escolar fora do sistema de ensino, no quadrado do programa do Governo para o aumentar os serviços sociais básicos à população.
Simão Tchinduva disse que, no presente ano lectivo, estão matriculados mais de 14 mil alunos, contra os 13 mil do ano passado. “Vemos que cada ano que passa o número de alunos tende a aumentar, daí a razão da nossa preocupação em aumentar o número de salas de aulas”, observou.
O administrador da Catata disse que, para uma cobertura total, a comuna necessita de 74 escolas para se juntarem às outras três de carácter definitivo existentes e de 70 professores para se juntarem aos 168.

Tempo

Multimédia