Províncias

Defendido o uso de calcário nos solos

Tatiana Marta| Ucuma

Responsáveis e técnicos das Estações de Desenvolvimento Agrários (EDA) dos municípios do Ucuma, Longonjo e Chinjenje, no Huambo, estão melhor capacitados em matéria sobre a importância e uso correcto do calcário na agricultura, depois de ter participado de uma acção formativa.

Responsáveis e técnicos agrários da província estão melhor capacitados em matérias sobre a importância e o uso correcto do calcário
Fotografia: Francisco Bernardo|Edições Novembro|Huambo


Promovida pela Direcção Provincial da Agricultura e Pescas, a acção formativa teve como objectivo a diminuição da acidez nos solos para possibilitar o aumento da produtividade de alimentos na região.
O director provincial da Agricultura e Pescas, António Manuel Teixeira, disse ser necessário a criação de condições da produção do calcário na província, considerado o principal produto para a correcção dos solos ácidos, para que, dentro de pouco tempo, Huambo tenha mais áreas de cultivo, maiores volumes de produção e muita produtividade. 
António Manuel Teixeira  disse que os esforços de produzir o calcário se enquadram na estratégia do Governo Provincial, que visa de tornar o Huambo num dos maiores celeiros do país e, consequentemente, diminuir à fome e à pobreza no seio dos seus habitantes.
Dada importância da actividade agrícola, o responsável reconheceu ser visíveis os resultados da correcção dos solos em alguns municípios, esperando que com a generalização desta prática Huambo venha acolher muitos alimentos nas próximas campanhas agrícolas. “Existem municípios da província com excesso de chuvas, cuja acidez do solo é muito elevada e com a produção localmente do calcário, haverá melhoria na agricultura, bem como maior contribuição do sector na diversificação dos produtos do campo”.
“Os agricultores têm que aproveitar este produto posto à sua disposição para obterem maior rendimento na sua produção. É preciso aproveitar o potencial agrícola que a província possui, com vista a diversificação da economia, num momento em que o preço do petróleo no mercado internacional baixou consideravelmente, ” sublinhou.
O director da Agricultura e Pescas disse ainda que há toda a necessidade de se produzir em grande escala, com técnicas de mecanização agrícola avançadas, referindo que o calcário é uma rocha sedimental constituída por calcite (carbonato de calcário) e às vezes também por carbonato de magnésio, que podem ajudar a cumprir com as metas traçadas.
António Manuel Teixeira, que é também engenheiro agrónomo, esclareceu que a utilização do calcário agrícola dá lugar a uma agricultura de riqueza e não a de pobreza, pois, referiu que em função disso há toda a necessidade de promover o desenvolvimento da agricultura em grande escala na província.
Satisfeito pelo facto do município albergar a formação dos agricultor, o administrador municipal do Ucuma, Fernando Lucas de Carvalho, considerou ser indispensável acorrerão dos solos para a produção que se pretende para os próximos anos.
O administrador apelou aos formandos aproveitarem bem os conhecimentos adquiridos e ajudarem na correcção dos solos, para que o país, em geral, e Huambo em particular, produzam alimentos suficientes capazes de gerar excedentes e poder vender, e aumentar as rendas das famílias.

Tempo

Multimédia