Províncias

Definido plano alternativo para abastecer a população

O director de energia e águas na província do Huambo, Adolfo Elias, disse ontem, nesta cidade, que a instituição já tem definido um plano alternativo de abastecimento de água às populações, tendo em conta a carência que se prevê nesta época seca.

O director de energia e águas na província do Huambo, Adolfo Elias, disse ontem, nesta cidade, que a instituição já tem definido um plano alternativo de abastecimento de água às populações, tendo em conta a carência que se prevê nesta época seca.
Em declarações à imprensa a propósito das dificuldades que os moradores das zonas periféricas da cidade enfrentam para terem acesso à água, Adolfo Elias anunciou para breve o início do programa de distribuição com camiões cisterna.
A água a ser fornecida pelos camiões vai sair da central de captação do rio Culimahala, situada a cerca de cinco quilómetros a leste do centro da cidade do Huambo.
Este plano alternativo vai, de certo modo, atenuar a carência de água que já começa a fazer-se sentir nos bairros que não são abastecidos pela rede de distribuição.
“Este ano registámos quedas pluviométricas muito baixas, o que causou um relativo abaixamento dos caudais das reservas subterrâneas e das linhas de água. No entanto, estamos a trabalhar para que essa situação não constitua um problema sério para as populações”, frisou.
Quanto aos beneficiários da rede de distribuição, alertou que devem consumir a água de modo racional e responsável.

Tempo

Multimédia