Províncias

Desempenho dos jornalistasfoi considerado muito positivo

Adolfo Mundombe

O desempenho dos órgãos de informação públicos e privados a nível da província do Huambo conheceu melhorias significativas nos últimos tempos, considerou o padre e jornalista Carlos Alberto Java.

Ao falar num encontro de jornalistas, destinado a debater o estado do jornalismo naquela província, Carlos Alberto salientou que o desenvolvimento da profissão no Huambo é, principalmente, fruto do uso das novas tecnologias de informação.
O orador reconheceu que o interesse dos jornalistas na formação técnicoprofissional, a melhoria das infra-estruturas e a introdução de novas tecnologias de informação oferecem actualmente a possibilidade de um melhor desempenho na recolha e tratamento das matérias noticiosas e sua divulgação. />Carlos Alberto chamou a atenção dos profissionais para não se esquecerem que trabalham para uma sociedade, devendo cumprir a obrigatoriedade de informar o público sobre os verdadeiros factos que acontecem nas comunidades, no quadro da observação rigorosa da ética e deontologia profissional.Aconselhou, ainda, os jornalistas a manterem-se unidos e solidários, uma vez que “o jornalismo não depende do estado académico, mas fundamentalmente da vocação de cada um”. Por isso, pediu para transmitirem conhecimentos aos mais novos.

Tempo

Multimédia