Províncias

Dirigente sindical promete rigor

Adolfo Mundombe|Huambo

O presidente do Sindicato da Educação, Cultura, Desporto e Comunicação Social prometeu, no fim-de-semana, mais activismo, determinação, rigor, inteligência e audácia na organização das estruturas sindicais e na defesa dos interesses dos filiados na província do Huambo.

O presidente do Sindicato da Educação, Cultura, Desporto e Comunicação Social prometeu, no fim-de-semana, mais activismo, determinação, rigor, inteligência e audácia na organização das estruturas sindicais e na defesa dos interesses dos filiados na província do Huambo.
 Adriano dos Santos, que fazia o balanço das actividades do sindicato na província, assumiu o compromisso de cumprir todos princípios estatutários para melhorar as condições socioeconómicas laborais dos seus filiados.  Adriano dos Santos, que foi reeleito para mais um mandato, afirmou que, doravante, o sindicato vai adoptar políticas construtivas, na defesa dos interesses fundamentais dos membros e em acções de apoio social. O sindicalista garantiu para breve a actualização das categorias dos professores para melhor servirem a sociedade. O sindicato controla na província cerca de 12.988 trabalhadores, dos quais 5.666 são mulheres e 173 dirigentes sindicais.
 O sindicato, acrescentou, evoluiu e conseguiu ter sede própria graças ao esforço dos filiados, que muito contribuíram, através de pagamento de quotizações, e progrediu na vertente social, dando passos significativos a nível nacional.
 “O sindicato da educação conseguiu ter meios de transporte, que têm servido nas deslocações aos municípios, comunas, aldeias e ombalas, onde se encontram os nossos filiados. Hoje temos estruturas sindicais em todas as escolas, comunas, aldeias e onze secretariados municipais,” disse.

Tempo

Multimédia