Províncias

Distribuídos mosquiteiros para vulneráveis do Huambo

Tatiana Marta| Huambo

Centenas de mosquiteiros tratados com insecticida vão ser distribuídos, nos próximos dias, às populações vulneráveis de diversas comunidades do Huambo, anunciou o porta-voz do Programa Nacional de Controlo da Malária.

Autoridades intensificam campanhas para prevenir aumento de casos de paludismo
Fotografia: JA

Jaime Molossande salientou que, neste momento, o programa tem disponíveis sete milhões de mosquiteiros. São distribuídos especialmente a crianças menores de cinco anos e mulheres grávidas.
O Programa, sob responsabilidade do Ministério da Saúde, em parceria com Organizações Não Governamentais, está avaliado em cerca de 20 milhões de dólares, fundos que servem igualmente para a aquisição de mais mosquiteiros das marcas Olyset e Permanet.
Para a efectivação deste e de outros projectos, em torno do combate ao paludismo, monitores e activistas de projectos contra a doença das províncias do Bié, Huambo, Kuanza-Sul e Kuando-Kubango, participaram no Huambo, no primeiro encontro regional do programa de distribuição de mosquiteiros tratados com insecticida de longa duração.
O encontro, que teve duração de três dias, visou consolidar os planos de luta contra a malária, avaliação das campanhas, planos de comunicação e avaliação de exemplos de outros países no campo de distribuição de mosquiteiros.

Tempo

Multimédia