Províncias

Doença não identificada está a matar gado bovino

Adolfo Mundombe |Huambo

Uma doença ainda desconhecida provocou recentemente a morte de cinco cabeças de gado bovino, no município do Londuimbali, Huambo, revelou ao Jornal de Angola o responsável local dos Serviços Veterinários, Benjamim Lucas.

Uma doença ainda desconhecida provocou recentemente a morte de cinco cabeças de gado bovino, no município do Londuimbali, Huambo, revelou ao Jornal de Angola o responsável local dos Serviços Veterinários, Benjamim Lucas.
A doença está a preocupar os munícipes, segundo o soba da região, Luhuma, avançando que a doença provoca normalmente diarreia e corrimento de um líquido aquoso em todo o corpo do animal.
O departamento provincial dos Serviços Veterinários já deslocou àquele município uma equipa de técnicos de saúde animal para proceder à vacinação do gado para controlar a epidemia. Berta Teresa, chefe do referido departamento, disse que esta medida será levada a cabo em todos os outros municípios da província para se evitar o alastramento da doença e mais danos no seio da população bovina.
A responsável pediu à população da província do Huambo que cuide mais dos seus animais, aderindo às vacinações, para evitar que o gado continue a viver situações idênticas.
Assegurou que existe uma estreita cooperação entre as entidades tradicionais e as administrações municipais na divulgação de doenças que afectem os animais nas aldeias e ombalas, onde a actividade principal é a agricultura e criação de gado.

Tempo

Multimédia