Províncias

Ekunha precisa de enfermeiros para expansão da rede sanitária

O município da Ekunha, Huambo, precisa de mais enfermeiros, para expandir a rede sanitária a todas as áreas, afirmou, ontem, o chefe de repartição da Saúde, Benedito André.

O município da Ekunha, Huambo, precisa de mais enfermeiros, para expandir a rede sanitária a todas as áreas, afirmou, ontem, o chefe de repartição da Saúde, Benedito André.
Os 164 enfermeiros que trabalham no município da Ekunha, disse Benedito André, são insuficientes para atenderem os pacientes que recorrem aos centros de saúde. Benedito André afirmou que o sector da saúde no Ekunha se debate com falta de infra-estruturas sanitárias: “precisamos de mais centros e postos médicos para encurtar as distâncias que os doentes percorrem, diariamente, para serem atendidos numa unidade hospitalar”.
Benedito André destacou que o município tem apenas dez unidades sanitárias em funcionamento, entre as quais um hospital municipal, para atender uma população estimada em 85 mil habitantes.
O município do Ekunha está localizado a 45 quilómetros da cidade do Huambo.
“Precisamos de mais enfermeiros para conseguirmos cobrir a rede sanitária do município”, disse Benedito André.

Tempo

Multimédia