Províncias

Estrada Mungo/Calussinga em reabilitação e ampliação

Marcelino Dumbo | Calussinga

As obras de reabilitação da estrada que liga o município do Mungo (Huambo) à comuna de Calussinga, província do Bié, estão a permitir a circulação das populações, depois de décadas de interdição, devido ao perigo de minas.

Livre circulação de pessoas e mercadorias está cada vez mais facilitada no Huambo
Fotografia: Jornal de Angola

As obras de reabilitação da estrada que liga o município do Mungo (Huambo) à comuna de Calussinga, província do Bié, estão a permitir a circulação das populações, depois de décadas de interdição, devido ao perigo de minas.
 O encarregado de obras, Tiago Meira, afirmou sexta-feira,  ao Jornal de Angola, que cerca de 54 quilómetros de troço, dos 75 da via, já foram terraplenados, depois de trabalhos de desmatação.
Tiago Meira assegurou que, em função dos trabalhos já efectuados, as comunicações entre as duas províncias (Huambo e Bié) estão minimamente facilitadas.
 Tiago Meira disse que a conclusão da empreitada, até à vila de Calussinga, está prevista para o primeiro trimestre do próximo ano.
 O vice-governador do Huambo para o sector técnico e infra-estruturas, José Kai, que se deslocou àquela região, para se inteirar do andamento das obras, confirmou que o governo da província tudo está a fazer para que até ao próximo ano as populações daquela região possam circular com comodidade.
 
Acções em curso

No mesmo troço estão também em curso a construção e reconstrução de três pontes de carácter definitivo, sobre os rios Luvulo (duas pontes) e Mutuacuva, cujas obras devem estar concluídas em Agosto próximo.   Além das obras na via Mungo/Calussinga, estão de em curso obras sociais no Bailundo, onde está a ser erguida uma escola de 26 salas e o quartel da Protecção Civil e Bombeiros.
Em construção estão também um hospital municipal, as futuras instalações do Ministério da Justiça, residência do administrador e em reabilitação a estrada Bailundo/comuna de Luvemba.

Tempo

Multimédia