Províncias

Estradas alternativas reabilitadas

Marcelino Dumbo | Huambo

As estradas que ligam os bairros Calobringo e Casseque, à saída para o município da Caála, Sacahala e Cambiote, em direcção à província do Bié, estão em reabilitação, para reduzir os engarrafamentos de trânsito na cidade do Huambo.

Os trabalhos realizados até agora estão a reduzir os engarrafamentos em alguns pontos
Fotografia: Jornal de Angola|

As estradas que ligam os bairros Calobringo e Casseque, à saída para o município da Caála, Sacahala e Cambiote, em direcção à província do Bié, estão em reabilitação, para reduzir os engarrafamentos de trânsito na cidade do Huambo. A via que liga Macolocolo ao Benfica, na entrada nacional para Luanda também está em obras.
Os congestionamentos de trânsito que se registam em algumas avenidas da cidade do Huambo são causados pelo aumento do parque automóvel, o que exigiu do Governo Provincial a reabilitação de vias alternativas que ligam o centro da cidade aos bairros periféricos.
O director provincial das Obras Públicas, Adolfo Morguier, disse que o principal objectivo da reabilitação das antigas vias é descongestionar as avenidas e ruas, no sentido de permitir a fluidez no trânsito.
Neste momento decorre a terraplanagem das vias. A colocação do tapete asfáltico só  feita em princípios do próximo ano. Os trabalhos realizados, até agorajá estão a reduzir os engarrafamentos nas principais saídas da cidade, mas o responsável do projecto anunciou, como tarefa urgente, a colocação da camada de inertes, para evitar a degradação rápida das estradas devido às chuvas.
O projecto prevê a reabilitação de dezenas de quilómetros de estradas, mas as construções anárquicas em alguns bairros e a falta de técnicos especializados em manutenção de equipamentos modernos podem dificultar os trabalhos.
Na empreitada, informou o director provincial das Obras Públicas, estão envolvidas brigadas, constituídas por jovens. Depois da reabilitação das principais vias alternativas, a próxima empreitada é a reabilitação das vias terciárias.
O director do Gabinete do Planeamento e Estatística do Governo Provincial do Huambo, Victor Chissingui, disse que no Programa de Investimentos Públicos de 2013, está prevista  a construção de um velório, uma capela e um parque de estacionamento, com capacidade para 600 viaturas, na zona envolvente ao cemitério municipal.

Tempo

Multimédia