Províncias

Estradas são reabilitadas

M. Clemente e E. Camassete | Bailundo

Cerca de 65, dos 85 quilómetros do percurso que liga a vila do Bailundo à província do Kwanza-Sul, via comuna do Hengue, já foram asfaltadas, assegurou, ontem, o administrador do Bailundo.

Dezenas de quilómetro já foram asfaltadas
Fotografia: Jornal de Angola

Cerca de 65, dos 85 quilómetros do percurso que liga a vila do Bailundo à província do Kwanza-Sul, via comuna do Hengue, já foram asfaltadas, assegurou, ontem, o administrador do Bailundo.
Ireneu Sacaála referiu que faltam apenas 20 quilómetros e disse que a estrada que liga o município do Bai­lundo ao Mungo está totalmente reabilitada, tal como a via Mungo/ Bié. Para acelerar as obras, a Direcção provincial das Obras Públicas vai encarregar-se de reabilitar as vias terciárias, que ligam as comunas e as aldeias de maior a­glomeração populacional.
Entretanto, a prolongada falta de chuva no município, na presente campanha agrícola, está a preocupar as autoridades locais, que procuram alternativas para as populações poderem enfrentar a fome. Irineu Sacaála realçou que a estiagem que se regista na região vai originar sérios problemas aos produtores, sobretudo porque a maioria da população do Bailundo é camponesa e vive do que produz.
“O povo sobrevive do campo. A falta de chuvas provoca a baixa de produção e, consequentemente, a escassez de produtos”, afirmou o responsável. Esta época, os agricultores apenas colheram feijão, o restante, como o milho, ficou perdido por falta de chuvas.
A administração trabalha actualmente na criação de reservas de produtos alimentares, com o auxílio de grandes produtores, para apoiar as populações na época de fome.
O município do Bailundo tem u­ma população estimada em 237 mil habitantes, distribuídos por cinco comunas.

Tempo

Multimédia