Províncias

Fábrica no Huambo produz Coca-Cola

Justino Vitorino |Huambo

A nova linha de enchimento da fábrica de refrigerantes Sefa Coca-Cola no Huambo, orçada em mais de 20 milhões de dólares, vai produzir, a partir de Setembro, dez mil grades de bebidas.

A partir de Setembro vão ser produzidas no Huambo mais de dez mil grades de gasosa
Fotografia: Jornal de Angola

A nova linha de enchimento da fábrica de refrigerantes Sefa Coca-Cola no Huambo, orçada em mais de 20 milhões de dólares, vai produzir, a partir de Setembro, dez mil grades de bebidas.
 Segundo o director-geral da unidade fabril, Neto Rocha, os trabalhos da montagem da nova linha tiveram início em Setembro do ano passado. “Contamos produzir refrigerante já a partir de Setembro deste ano, visto os trabalhos da montagem já decorrerem a 70 por cento”, disse.
  “Quando estiver tudo pronto, a fábrica vai ter uma produção diária de três vezes mais em relação à produção actual, que é de três mil grades por dia. Podemos chegar à ordem das 10 mil grades por dia, a trabalhar num só turno,” acrescentou. Na opinião de Neto Rocha, isto significa que os clientes das bebidas ali produzidas a nível do Huambo, e não só, devem continuar a apostar na comercialização do produto. 
 Com a entrada em funcionamento da nova linha, a produção pode expandir-se ainda mais e, sobretudo, quando o comboio começar a circular e as vias rodoviárias chegarem a outras zonas exteriores à província.   A fábrica, referiu Neto Rocha, ainda importa matérias-primas, como açúcar e gás, a partir de Benguela, mas num futuro próximo estes produtos podem vir a ser adquiridos no mercado local. “É algo que vai facilitar e ajudar ao desenvolvimento do país”, concluiu.

Tempo

Multimédia