Províncias

Fábrica produz refeições para o hospital regional

Victória Quintas| Huambo

Cerca de três mil refeições vão ser produzidas diariamente para mais de 700 doentes e trabalhadores do Hospital Regional do Huambo, pela fábrica Win Speed Logistic, do grupo Bartolomeu Dias.

Dieta dos doentes acamados vai melhorar
Fotografia: Nilo Mateus

O director executivo da fábrica, Hugo Ferreira, salientou na segunda-feira que a unidade fabril vai produzir as refeições com várias dietas alimentares, para doentes acamados. Além da produção de alimentos hospitalares para doentes e trabalhadores do hospital regional, a fábrica está preparada para fornecer alimentos confeccionados a empresas públicas e privadas.
O empreendimento possui cozinha para confeccionar alimentos quentes e frios, uma padaria e pastelaria. Além disso, dispõe ainda de um armazém e várias câmaras de refrigeração e congelação industrial, capazes de fazer a entrega de refeições quentes e frias até uma distância de cerca de 400 quilómetros.
“Estamos cientes da gastronomia angolana e daquilo que as pessoas querem. Por isso, preparamo-nos para prestar um serviço de qualidade a toda a população”, garantiu.
As instalações da unidade fabril possuem equipamentos modernos, capazes de confeccionar refeições de qualidade, garantindo que o produto final respeita os padrões de segurança alimentar recomendados.
Os produtos utilizados pela Win Speed Logistic para a confecção de alimentos são adquiridos nos mercados da Calenga, Ucuma e Ecunha.
“Além do Huambo, temos a pretensão de expandir a fábrica para Benguela, Luanda e Cabinda”, estando a decorrer, neste momento, estudos de viabilidade para avançar com o projecto.
Com a abertura da fábrica, foram criados 32 novos postos de trabalho, segundo Hugo Ferreira.
“Aqui, eles têm a possibilidade de trabalhar com tecnologia mais avançada, que é praticada nos países mais desenvolvidos da Europa e dos Estados Unidos”, concluiu.

Tempo

Multimédia