Províncias

Festa de Natal antecipada para crianças no Huambo

Vitória Quintas | Huambo

Crianças e jovens internados no Centro de Acolhimento Okutiuka, no Huambo, festejaram sábado o Natal antecipado, numa oferta da empresa Casinos de Angola.

Natal já é festejado em lares de infância
Fotografia: Kindala Manuel

O administrador da Empresa Casinos de Angola, Agostinho da Rocha, disse ser um gesto que se pretende continuar, pois não é só no Natal que as crianças precisam de afecto. “Agradecemos a possibilidade de continuar nesta causa, que não é passageira”.
O lanche foi igualmente marcado por brincadeiras, música e dança e um desfile de moda. O pequeno Domingos Sawaya disse, em nome das crianças do centro, que a presença dos funcionários da Empresa Casinos de Angola, a solidariedade e a partilha do grandioso momento representa esperança na realização dos seus sonhos.
“Somos crianças que passamos por momentos difíceis, mas que hoje encontramos um lar neste centro onde fomos acolhidos por uma verdadeira mãe, que nos tem dado carinho, amor e atenção”, disse Domingos Sawaya. 
O centro de acolhimento Okutiuka integra, há 19 anos na província do Huambo, crianças e jovens em situação de risco, através do projecto Okulissanga. Actualmente estão em regime de internato 64 rapazes, entre os 8 aos 25 anos.
A responsável do centro de acolhimento Okutiuka, Sónia Ferreira, disse que “apesar de todas as dificuldades estamos a formar pessoas com vontade de progredir, pois temos aqui artistas, técnicos e profissionais com grande esperança”.
Sónia Ferreira referiu que o estado actual do centro é precário, pois toda a infra-estrutura precisa de reabilitação e de melhorar as condições de habitabilidade, mas em termos de desenvolvimento humano existe um calor muito grande entre todos.
Os rapazes são órfãos de guerra ou abandonados pelos familiares, que vivem e crescem no centro, onde recebem todo o apoio desde a alimentação, educação, saúde, formação profissional, desporto e cultura, até estarem prontos para trabalhar, dar o seu contributo na sociedade e formar família.
O dia foi igualmente marcado pelo início das obras de reabilitação do centro.

Tempo

Multimédia