Províncias

Formação de novos técnicos em várias especialidades

Azevedo Faria | Huambo

O director do Centro de Formação Técnica Profissional (CENFOP) no Huambo, Paulo Filipe, disse que a instituição formou mais de cinco mil jovens em diversas especialidades em 2013.

Nos próximos tempos, o Centro vai criar novos cursos e dobrar o número de formandos.
No início, o Centro ministrava cinco cursos (Gestão Administrativa, Contabilidade, Atendimento ao Cliente, Carpintaria e Informática) e actualmente ministra 25 cursos.
O objectivo do Centro é apostar na formação inovadora e formar quadros com perfil profissional qualificado e responsável, com habilidades de investigar e prestar serviços à comunidade. Os formados, na sua maioria, são jovens dos municípios do Bailundo, Caála, Ucuma, Tchicala Tcholoanga e Huambo, nas especialidades de carpintaria, informática, gestão dos recursos humanos, electricidade de baixa tensão, canalização, secretariado informatizado e outros.
Os cursos administrativos, de informática, gestão e contabilidade têm a duração de três meses, enquanto os de nível técnico, como electricidade, electrónica, canalização e serralharia duram seis meses. O Centro, apesar de não fazer o acompanhamento da inserção dos formandos no mercado de trabalho, tem recebido algumas solicitações de propostas de emprego, principalmente de empresas de construção civil.
O Centro foi fundado em 17 de Agosto de 2011 e já formou 10.307  jovens de ambos os sexos.

Tempo

Multimédia