Províncias

Formadores aprimoraram conhecimentos

Victória Quintas| Huambo

Formadores profissionais do Bié, Benguela, Kwanza-Sul, Kuando-Kubango e Huambo terminaram sexta-feira, na capital desta última província, a participação no primeiro encontro nacional do sector.

Formadores profissionais do Bié, Benguela, Kwanza-Sul, Kuando-Kubango e Huambo terminaram sexta-feira, na capital desta última província, a participação no primeiro encontro nacional do sector.
A reunião, que decorreu no Centro de Formação Profissional das Obras Públicas, na localidade de Casseque, teve o objectivo de promover a interacção entre os formadores para se criarem sinergias e vencerem os desafios colocados pela dinâmica das actividades lhes estão destinadas.  
 O director provincial da Administração Publica, Emprego e Segurança Social disse que a melhoria da qualidade da formação profissional depende dos operadores, dos dispositivos técnicos, das metodologias aplicadas e do interesse individual.
Agostinho Amândio afirmou que o formador tem um papel preponderante na assimilação das matérias ensinadas. “O formador deve estar consciente das responsabilidades e procurar motivar os formandos para o cumprimento dos objectivos definidos para os preparar para os desafios das suas ocupações profissionais”, referiu.
Nos dois dias do encontro foram tratados temas relacionados com o sistema nacional de formação profissional, o perfil e estatuto da carreira do formador, regime disciplinar na função pública, avaliação do desempenho, direitos e deveres dos formadores.

Tempo

Multimédia