Províncias

Futuras empreendedoras aprendem novas técnicas

Mário Clemente | Huambo

Mais de 30 mulheres frequentam uma acção de formação sobre administração de negócios, que antecede a criação da Associação de Empreendedoras do Huambo.

Um ângulo da cidade do Huambo onde estão a ser formadas mulheres empresárias
Fotografia: Paulo Mulaza |

A presidente da Associação da Mulher Empresária do Huambo salientou na abertura do seminário a importância da planificação, organização, direcção e controlo na gestão de negócios.
 “Não devemos perder de vista que as grandes empresas são sempre resultado das pequenas, quando estas obedecem aos principais critérios da gestão, apoiando-se naqueles quatro aspectos”, disse Maria de Fátima Cawewe.
A empresária também realçou o interesse da formação das mulheres para uma gestão mais adequada aos novos tempos, dotando-as de conhecimentos científicos que ajudem a aumentar a produção.
Fátima Cawewe referiu-se à participação na acção de formação “de algumas mulheres que durante anos geriram empiricamente pequenos negócios mas que, de alguma forma, contribuíram no combate à carência alimentar e dinamização da economia da província”.

Tempo

Multimédia