Províncias

Gala prestigia personalidades locais

Filipe da Silva | Huambo

Personalidades que se destacaram na promoção de condições de desenvolvimento da província do Huambo, nos mais variados sectores, vão ser homenageadas, no próximo mês de Setembro, numa gala de premiação, pela empresa Fashion Place, no âmbito de um projecto com o governo provincial.

Vista parcial da cidade do Huambo onde são distinguidos os destacados na luta pelo seu desenvolvimento
Fotografia: JAImagens

A promotora e coordenadora do evento, Alexa Tomás, disse que a gala, denominada “Huambo Cidade Vida”, a ser realizada no dia 24 de Setembro, conta igualmente com a participação de mais organismos privados e visa reconhecer individualidades que trabalham nos ramos da cultura, beleza, estética, desporto, saúde, popularidade, educação, empresariado, jornalismo, música e política.
A empresária sublinhou que a gala foi idealizada no ano passado e, a par do que acontece nas outras cidades do país, distingue os cidadãos que operam e dinamizam a sociedade do Huambo e mostram que “a província é cheia também de talentos.”
A promotora da actividade de premiação lamentou o facto de o Huambo não ter tido ainda uma gala de distinção deste género, embora o Huambo tenha indivíduos que têm feito muito pela cultura, ciência, economia e tantas outras áreas. Alexa Tomás disse ainda que o projecto, a partir do momento em que foi criado, entrou na agenda da província nas festividades da cidade, tendo avançado que, no próximo ano, vão alterar algumas categorias, em função do momento e dos desafios do futuro. Ana Ruth Miguel, outra mentora do projecto, disse que a ideia visa prestigiar e estimular os mais variados ramos do saber na província do Huambo e tem carácter exclusivo, cuja participação é feita por indicação do Estado. 
Ana Ruth Miguel referiu que podem  participar todos os cidadãos, maiores de 18 anos de forma individual e colectiva. O projecto conta com 32 categorias e as três individualidades indicadas em cada direcção vão fazer parte do evento.
Os vencedores vão receber estatuetas com símbolos do Huambo, embora não se descarte a possibilidade de alguns incentivos em algumas classes.

Tempo

Multimédia