Províncias

Garantida a continuidade de obras de impacto social

Azevedo Faria | Huambo

Mais de setenta  obras públicas, paralisadas desde o ano passado, na província do Huambo, são retomadas em breve,  garantiu ontem, na cidade do Huambo, o director Provincial das Obras Públicas.

Obras paralisadas são retomadas em breve
Fotografia: João Gomes

Sebastião Pacato Júnior deu esta garantia durante o encontro com os empreiteiros, encarregados e fiscais de obras, que serviu para esclarecer e dissipar as dúvidas sobre a paralisação, as datas de reinício, bem como a qualidade e os prazos para a conclusão das empreitadas na província.
“Com este encontro, o órgão de fiscalização, responsável pelo andamento e qualidade das obras, quer mais rigor e vai ser mais actuante, aferindo a sua qualidade e o cumprimento dos prazos contratuais”, disse.

Verbas cativas

Na província do Huambo estão a ser empreendidos esforços para impedir que a situação em curso no país não afecte o andamento das obras, destacando o facto de estar a decorrer o processo de desbloqueamento de valores monetários referentes aos orçamentos solicitados pelas empresas.
Sebastião Júnior explicou que as verbas estavam cativas por culpa das próprias empresas de construção civil, que entregaram tardiamente os documentos exigidos para o efeito.
 O responsável das Obras Públicas na província mostrou-se confiante no cumprimento das orientações transmitidas às empresas de construção civil e de fiscalização, para que a execução das empreitadas conheça nova dinâmica e as obras a si adjudicadas sejam concluídas nas datas previamente estabelecidas.

Tempo

Multimédia