Províncias

Garantidos projectos sociais

A Administração Municipal da Caála, no Huambo, investiu 894,3 mil milhões de kwanzas em diversos programas de desenvolvimento social e económico e em despesas com os funcionários.

Novas salas são construídas na região
Fotografia: Kindala Manuel

O administrador da circunscrição, Victor Tchissingui, disse que para o exercício económico deste ano vai ser desenvolvido um maior esforço para melhorar a base tributária, visando definir estratégias possíveis que dão continuidade aos projectos sociais e económicos.
Com a queda do preço do petróleo no mercado internacional, segundo Victor Tchissingui, todos os programas são afectados e é necessário, fundamentalmente, definir projectos prioritários em prol da população para a consolidação das acções iniciadas no ano passado.
Nesta perspectiva, disse que a melhoria da base tributária vai consistir nos mecanismos e serviços de colecta de impostos, taxas ao nível local para contribuintes e serviços prestados pela Administração, visando a mitigação dos efeitos colaterais da conjuntura macro-económica. “As previsões económicas para este ano não são animadoras em termos de crescimento económico, face à queda do preço de petróleo que sustenta, fundamentalmente, os recursos ordinários do tesouro para financiar as despesas públicas”, justificou. O administrador municipal da Caála apelou aos gestores de instituições públicas com e sem orçamento a definirem prioridades de realização de despesas e a adoptarem uma planificação rigorosa, tendo como ponto de partida uma disciplina de contenção de gastos e racionalidade dos recursos disponíveis.

Tempo

Multimédia