Províncias

Governador exorta jovens a evitar acções condenáveis

Justino Victorino | Huambo

O governador provincial do Huambo, João Baptista Kussumua, aconselhou os jovens a absterem-se da delinquência, consumo de drogas e bebidas alcoólicas, bem como de outras práticas socialmente condenáveis e apostarem mais na sua formação técnica e profissional.

Trabalho em artes e ofícios é uma saída apontada para jovens fugirem à actos marginais
Fotografia: Paulo Mulaza | Edições Novembro

O responsável salientou que o Governo tem disponíveis vários cursos profissionais de curta duração, que devem garantir a sua inserção no mercado de emprego e a participação no processo de reconstrução nacional.
Baptista Kussumua reconheceu o empenho dos centros de artes e ofícios na formação de quadros, para servir o mercado de emprego e o fomento de pequenas empresas.
“Os cursos de formação profissional promovidos pelas várias instituições existentes na nossa província estão a criar mais oportunidades de emprego e fomentar pequenos negócios no seio dos jovens”, ressaltou o governador do Huambo.
O responsável avançou que o país só cresce com homens formados profissionalmente em várias especialidades, tendo realçado que actualmente o mercado de trabalho está cada vez mais competitivo e exige sólidos conhecimentos e aplicação de quem quer um posto.
Baptista Kussumua referiu ainda que não basta a formação académica, mas, nos dias que correm, é necessário que os jovens optem por cursos profissionais e concretizem os sonhos do negócio próprio e redução da pobreza no seio das suas famílias.
O governador provincial do Huambo exortou igualmente os jovens a contribuírem para a massificação do registo eleitoral, com vista a garantir a participação de todos os cidadãos com idade de votar nas eleições gerais.

Tempo

Multimédia