Províncias

Governo criou condições para arranque das aulas

Justino Vitorino \ Huambo

O director provincial da Educação, Ciência e Tecnologia do Huambo, Manuel Sampaio do Amaral, afirmou estarem todas as condições reunidas para que o ano lectivo arranque sem sobressaltos.

O director provincial da Educação, Ciência e Tecnologia do Huambo, Manuel Sampaio do Amaral, afirmou estarem todas as condições reunidas para que o ano lectivo arranque sem sobressaltos.
De acordo com Manuel Sampaio do Amaral, que falava dos preparativos de mais um ano académico na província do Huambo, o calendário escolar já foi distribuído às instituições de ensino.
Manuel Sampaio do Amaral garantiu que o ano lectivo abre oficialmente hoje, dia 31 de Janeiro, e anunciou que a província do Huambo tem 16 mil salas para um universo de 300 mil alunos, distribuídos do primeiro ciclo ao ensino médio.
Para assegurar as aulas na província, a Direcção Provincial da Educação, Ciência e Tecnologia tem mais de 22 mil professores.
O número de salas, afirmou, é ainda insuficiente, tendo em conta o crescimento da população estudantil, que se regista todos os anos. Mas, prometeu que o Governo Provincial vai desenvolver esforços para construir mais escolas, nos próximos meses, com vista a fazer face à procura e incluir as 127 mil crianças que estão fora do sistema normal de ensino.

Tempo

Multimédia