Províncias

Governo local e parceiros traçam novas estratégias

Mário Clemente | Huambo

A direcção provincial do Huambo da Cultura promoveu, na quinta-feira, a primeira reunião alargada com sobas e coordenadores dos núcleos municipais da Associação Angolana das Autoridades Tradicionais, para tomarem conhecimento das mudanças operadas no mosaico sócio-político angolano.

Sobas foram informados sobre as mudanças operadas no mosaico sócio-político
Fotografia: Jornal de Angola

A direcção provincial do Huambo da Cultura promoveu, na quinta-feira, a primeira reunião alargada com sobas e coordenadores dos núcleos municipais da Associação Angolana das Autoridades Tradicionais, para tomarem conhecimento das mudanças operadas no mosaico sócio-político angolano.
O encontro, que reuniu coordenadores de núcleos tradicionais dos 11 municípios e 37 comunas, decorreu na Biblioteca Constantino Camoli e teve também como objectivo analisar e discutir a situação interna da associação e apresentar a nova direcção.  O director-adjunto da direcção provincial da Cultura, João Afonso, disse no acto de encerramento da actividade que a autoridade tradicional é parceira do Estado, por isso a reunião serviu também para estreitar os vínculos, no quadro das novas estratégias do Executivo para as comunidades.
João Afonso disse também que encontros do género contribuem para melhorar o funcionamento da Associação Angolana das Autoridades Tradicionais, cujo objecto social visa o desenvolvimento das comunidades. O responsável reafirmou, no seu discurso, o apoio do Executivo às autoridades tradicionais e o reconhecimento do seu valor na sociedade angolana.

Tempo

Multimédia