Províncias

Habitações da nova cidade entregues no mês de Junho

Filipe da Silva | Huambo

As primeiras casas de um total de 12 mil do projecto da nova centralidade da Caála, na província do Huambo, são entregues em Junho próximo, anunciou na segunda-feira o director de marketing da empresa de construção Kora-Angola.

As novas casas são para os trabalhadores que devem pagar no sistema de renda resolúvel
Fotografia: Jornal de Angola

Bernardo Florindo disse que as habitações, construídas no âmbito do programa do Executivo “Meu sonho, minha casa”, constam de uma iniciativa nacional, que prevê erguer 40 mil moradias.
As novas casas destinam-se a trabalhadores, que devem pagar 6,5 mil milhões de kwanzas por cada uma delas, no sistema de renda resolúvel, num período de 18 a 20 anos. Por mês, vão ter de desembolsar entre 34 e 40 mil kwanzas, em função da tipologia. Bernardo Florindo realçou que o projecto urbanístico foi pensado segundo a lógica de quadros integrados em pólos educacionais, culturais e comerciais, no sentido de estimular o convívio entre as pessoas, revolucionar o conceito de habitar, promover uma nova comunidade urbana e a qualidade de vida.
O projecto, acrescentou, contempla ainda espaços verdes para o lazer, desporto e vida digna.
O juiz presidente do tribunal provincial do Huambo, Alberto Nazaré Seteko, em visita ao local, afirmou que o projecto de construção da nova centralidade é um valor acrescentado para a juventude e os trabalhadores da província, que durante muitos anos sonharam ter casa própria.

Tempo

Multimédia