Províncias

Hospital do Huambo melhora serviços

Justino Vitorino | Huambo

O Hospital Regional do Huambo conheceu  grandes melhorias, nos últimos anos, fruto dos investimentos resultantes da cooperação com a  China, disse, ontem, o director daquela unidade clínica, Welema Sipriano.

Pacientes eram forçados a viajar para a província de Luanda para realizarem exame médicos
Fotografia: João Gomes

O Hospital Regional passou a contar com os serviços de  imagiologia  e uma sala de exame de tomografia axial computadorizada (TAC), com equipamento de ponta. Welema Sipriano sublinhou que antes os serviços eram morosos e demorados, pois o equipamento  era pouco eficaz.“Neste momento, com a aquisição de modernos meios tecnológicos, já é possível realizar exames em menos tempo e melhorar os serviços."
O director do Hospital Regional do Huambo avançou que as melhorias são igualmente visíveis na área de laboratório de análises clínicas, cujo equipamento é de última geração, facilitando a realização de mais de mil intervenções por dia.
Disse que o exame de TAC constitui  a grande novidade na Província do Huambo e permite salvar muitas vidas, informou a técnica de terapêutica Valeta Elisa, que adiantou que anteriormente os pacientes eram forçados a viajar para Luanda ou para fora do país para fazerem o exame médico.
O laboratório geral da maior unidade hospitalar do Huambo está equipado com aparelhos de imunologia, bioquímica e hematologia.

Outros ganhos

O Hospital Regional do Huambo dispõe de uma unidade de queimados, apetrechada com meios modernos, além de serviços de Fisioterapia, Anatomia Patológica, Microbiologia, Endoscopia, Cardiologia, Quimioterapia e Neurocirurgia,   com a mesma qualidade dos prestados no exterior do país. Com 800 camas, o Hospital Regional do Huambo funciona com 982 trabalhadores, entre médicos, enfermeiros, técnicos de apoio hospitalar e administrativos.
O hospital regional atende por dia, em média, cerca de duas mil pessoas, muitas  das quais das províncias limítrofes do Cuando Cubango, Bié, Benguela, Huíla e de localidades próximas da cidade do Huambo.

Tempo

Multimédia