Províncias

Huambo prevê construir mais 52 escolas até 2022

Um total de oitocentas e 52 escolas de diversos níveis do ensino geral será construído a partir do próximo ano nos 11 municípios da província do Huambo, no âmbito do programa do Governo local de alargamento da rede escolar, anunciou o governador da província,
João Baptista Kussumua.

Fotografia: DR

O governador que falava durante a missa pastoral do arcebispo do Huambo, D. José de Queirós Alves, na missão católica de Cristo Rei, localizada no sector de Ngandavila, comuna da Calima, a 76 quilómetros do centro da cidade do Huambo, disse que o projecto vai traduzir-se no surgimento de oito mil e 100 novas salas de aula, para albergar mais de 360 mil alunos. 
O governante fez saber que todas as condições estão a ser criadas para o arranque em Janeiro próximo das obras das primeiras infra-estruturas escolares, que serão executadas até 2022, no quadro do Programa de Investimentos Públicos (PIP) e de Combate
à Pobreza.
João Baptista Kussumua sublinhou que a iniciativa visa permitir o ingresso crianças que ainda se encontram fora do sistema normal de ensino e garantir melhores condições de aprendizagem às que já estudam.“rata -se de um dos principais desafios do Governo angolano, com vista a criar condições para uma educação e formação qualificada de quadros, à altura de galvanizarem o processo de desenvolvimento do país”, disse.

Tempo

Multimédia