Províncias

Huambo regista um caso de poliomielite

João Constantino |

A direcção provincial da Saúde do Huambo tornou público, na sexta -feira, o facto de ter notificado um caso de poliomielite no município do Ekunha, dos dois suspeitos e testados num laboratório de referência na África do Sul.

A direcção provincial da Saúde do Huambo tornou público, na sexta -feira, o facto de ter notificado um caso de poliomielite no município do Ekunha, dos dois suspeitos e testados num laboratório de referência na África do Sul.
Em documento distribuído à imprensa, o director provincial da Saúde, Elias Finde, alerta a toda população do Huambo para a necessidade de aderir à campanha de vacinação contra a poliomielite, que decorre de 7 a 9 Maio. As crianças menores de cinco anos são o alvo da campanha e para as vacinar todos postos de saúde da província vão estar de serviço.
O primeiro caso de pólio registou-se a semana passada, na cidade do Cuito, facto que alertou as autoridades sanitárias do Huambo, que programaram uma campanha de vacinação contra à poliomielite selvagem. “Todos os casos suspeitos de paralisia devem ser comunicados imediatamente às autoridades sanitárias, para investigação”, lê-se no documento
Também no Bengo  mais de 50 crianças serãovacinadas contra à pólio. De acordo com  o super visor do Programa Alargado de Vacinação (PAV) no Bengo prevê que sejam imunizados 59.233 menores de cinco anos de idade contra a poliomielite, naquela província, durante a campanha de vacinação que decorrerá de 7 a 9 de Maio.
Eduardo Adriano disse à Angop, na sexta-feira, que se encontram disponíveis 80 mil doses de vacinas monovalentes que estão já a ser distribuídas pelos oito municípios do Bengo. 
O supervisor do PAV garantiu que, para o êxito desta campanha, estão preparados 133 mobilizadores e 77 supervisores.

Tempo

Multimédia