Províncias

Huambo vai controlar viagens de menores

O Governo da Província do Huambo vai reforçar as medidas de controlo da entrada e saída de menores, com vista ao combate de eventuais casos de tráfico das mesmas.

Fotografia: DR

O facto foi dado a conhecer à imprensa pela vice-governadora para o sector Político, Social e Económico, Maricel Capama, depois de ter visitado as empresas do sector dos Transportes. Segundo a governante, a província “continua a registar altos índices de entrada e saída de menores, vítimas de exploração de adultos.”  Apesar de falar em números, Maricel Capama informou que se constata um aumento de crianças a viver nas ruas, um sinal claro de que estas viajam para o Huambo sem a autorização dos respectivos pais.
Para combater esta prática, disse que o governo local pretende fechar o cerco para evitar que os menores sejam transportados de uma província para a outra sem consentimento dos pais, devendo, para o efeito, ser necessário uma declaração autentificada pelos encarregados de educação, tal como acontece nos transportes aéreos.
“Precisamos de ter, diariamente, o mapa de registo das crianças que entram e saem, sobretudo o destino, as idades e cópia de autorização de viagem dos pais de tutela, para impedir que os menores sejam transportados para prestar serviços e, posteriormente, abandonados”, acrescentou


Tempo

Multimédia