Províncias

Idosos do planalto central clamam por mais apoios

Dina Samuel |Tchicala- Tcholohanga

A chefe de repartição da área social da Tchicala-Tcholohanga, Maria José Chambula, pediu mais apoio para os idosos daquele município.

A chefe de repartição da área social da Tchicala-Tcholohanga, Maria José Chambula, pediu mais apoio para os idosos daquele município. Maria Chambula disse que os anciãos carecem de tudo um pouco, desde bens de primeira necessidade até alimentação.
A funcionária do Ministério da Reinserção Social desejou que pessoas singulares e empresários locais prestem a sua solidariedade à terceira idade, contribuindo com o que tiverem. Um dos contributos importantes seria a cedência de um veículo para a instituição transportar os anciãos aos centros de recenseamento e controlo dos antigos combatentes e veteranos de guerra.
A responsável social do município disse que, actualmente, estão registados na Tchicala-Tcholohanga 94 cidadãos da terceira idade, muitos dos quais ligados à Secretaria dos Antigos Combantes, que reclamam pela falta de pensões.

Faltam parteiras

O município da Tchicala-Tcholohanga tem poucas parteiras tradicionais, situação que tem estado na base do “surgimento de transtornos na realização e acompanhamento de muitos partos, principalmente no meio rural”, disse Maria Chambula.
Existem também dificuldades no enquadramento de jovens na área social, devido ao número reduzido de infra-estruturas para o lazer da juventude. O município possui apenas quatro campos de futebol, número considerado insuficiente para massificar a prática do desporto.
 Governo tem estado a materializar políticas que confiram maior qualidade de vida aos cidadãos da terceira idade em todo o país. 

Tempo

Multimédia