Províncias

Instituição inscreve candidatos menores

Joaquim Júnior | Uíge

O Instituto Superior de Ciências de Educação (Isced) do Uíge inscreveu, pela primeira vez, candidatos com 16 anos de idade, que vão concorrer ao exame de acesso aos cursos naquela unidade académica.

Admissão de alunos menores de idade constitui uma das grandes novidades para este ano académico no instituto da Educação
Fotografia: Nuno Flash|Edições Novembro

A inovação faz parte do cumprimento da meta estabelecida no plano de estudo da instituição, disse o director-geral adjunto do organismo.
Luís Aberto Lema esclareceu ao Jornal de Angola que é pela primeira vez na sua história que o Isced recebe candidatos com idade inferior a 18 anos de idade, que vão concorrer para uma vaga nos diferentes cursos leccionados na instituição. Trata-se de um processo de evolução no ensino na província e, em particular, no país.
A admissão de alunos com 16 anos de idade constitui, segundo o responsável, uma das grandes novidades para este ano académico no Isced e prometeu dar continuidade a outras reformas para tornar o ensino mais dinâmico com base no plano de estudo.
“O perfil dos estudantes com acesso para os diferentes cursos é todo aquele candidato com 16 anos ou com idade superior, dependendo do seu aproveitamento ao nível da base e desde que comprove os seus estudos concluídos. Desde que possua todos estes requisitos, está habilitado para ingressar na faculdade”, disse.
O director-geral adjunto do organismo para a Área Académica reconhece que o conflito armado em que o país esteve mergulhado impediu que muitos cidadãos em idade escolar frequentassem o ensino, mas admitiu que, com o alcance da paz, muito boa gente decidiu retomar os estudos, com a expansão do ensino superior em quase todas as províncias.
O Isced do Uíge tem disponíveis, para este ano académico, 1.260 vagas, sendo 700 lugares para o período diurno e 560 para o pós-laboral. As inscrições dos candidatos aos exames de acesso tiveram início no dia 5 de Janeiro e encerram a 31 do mesmo mês.

Calendário para os exames

 Os exames de admissão na instituição estão marcados para 2 de Fevereiro e até ao dia 6.
O calendário para os exames de aptidão reserva para o dia 2 de Fevereiro o início dos testes, do qual farão apenas parte candidatos para os cursos de Ensino de Matemática, Língua Portuguesa, Pedagogia e Língua Francesa.
Para o dia seguinte, 3, será a vez dos estudantes concorrentes aos cursos de Psicologia, Filosofia, Física e História.
Para o dia 4, fazem teste os candidatos aos cursos de Química, Geografia, Biologia e Língua Inglesa. A 5 de Fevereiro, são testados os concorrentes ao Ensino Primário, Especial e Pré-escolar.
Quanto ao perfil dos candidatos, o responsável disse que o instituto está comprometido a formar quadros superiores de qualidade para a educação, daí que é preciso haver algum rigor em relação à selecção, que é feita mediante os exames de candidatos que vêm do II ciclo, que apresentarem alguma aptidão para os cursos existentes.
António João Kilamba inscreveu-se para o curso de Psicologia e prepara-se com afinco para obter uma nota que lhe permita ingressar na faculdade. Uma das metas traçadas para este ano pela jovem Graciete Paulo é frequentar o primeiro ano do Ensino Pré-escolar, acha-se uma candidata favorita, por ter habilidades para isso.

Tempo

Multimédia