Províncias

Internet chega às escolas da província

As escolas do Huambo, sobretudo as do I e II ciclo do ensino secundário, vão todas passar a ter, nos próximos anos, salas de informática com internet, tendo em conta as vantagens que o uso das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) oferecem para a melhoria da qualidade do processo de ensino e aprendizagem.

A garantia foi dada do director provincial da Educação, Ciência e Tecnologia, Manuel Sampaio do Amaral, que garante o uso de computadores e acesso à internet nas escolas. Apesar do I ciclo (7ª, 8ª e 9ª classe) e o II (ensino médio e pré-universitário) serem as prioridades, o responsável informou que algumas escolas do ensino primário também vão ser contempladas neste projecto de massificação das TIC, para que os alunos comecem a familiarizar-se com essas ferramentas mais cedo.
O uso do computador e da internet nas escolas torna mais rápido e sólido o processo docente educativo, além de suprir a falta de bibliotecas, sublinhou.
 “Estamos empenhados em facilitar o acesso dos alunos e professores às Tecnologias de Informação e Comunicação, por reconhecermos a influência das mesmas no processo de ensino”, realçou. Considerou, ainda, fraco o nível de utilização de computadores e acesso à internet nas escolas públicas, uma vez que apenas algumas possuem salas de informática.
 No ensino primário, apenas nove escolas têm salas com computadores montados, mas sem acesso à internet, assim como no I ciclo, onde foram criadas salas em apenas cinco.
 “Estamos a começar e acreditamos no êxito do  projecto”. Manuel Sampaio do Amaral referiu que, no II ciclo, o quadro é bem diferente, visto que das 17 escolas em funcionamento dez estão ligadas à internet e as restantes possuem apenas salas de informática.

Tempo

Multimédia