Províncias

Jovens com dependência lideram lista de pacientes

ADOLFO MUNDOMBE | HUAMBO

Grande parte dos doentes com tuberculose assistidos no Hospital Sanatório do Huambo  são jovens com problemas de dependência excessiva de consumo de bebidas alcoólicas, disse ontem o director da unidade clínica.

Hospital melhora condições de internamento
Fotografia: EDIÇÕES NOVEMBRO

Júlio Francisco  considera a situação preocupante, uma vez que se trata da força economicamente activa da província e do país.Com uma capacidade de internar 200 pacientes, o hospital tem 90 doentes,   com atendimento assegurado por  12 médicos.
O sanatório tem todas as condições quer de atendimento  quer de acomodação para os doentes que ai acorrerem, dai que, nos últimos meses, a unidade se tornou  uma instituição de referência na região do planalto.
A unidade hospitalar, que alberga também a Faculdade de Medicina da Universidade José Eduardo dos Santos, tem de medicamentos, com todo o tipo de fármacos indispensáveis para o tratamento e acompanhamento de doentes com tuberculose e doenças associadas.
Júlio Francisco confirmou que,  este ano, o hospital recebeu doses suficientes de medicamentos, o que está a ajudar os doentes internados e os que fazem tratamento ambulatório. Em consultas externas são atendidos de 20 a 35 doentes por dia.
O director disse que o hospital  tem os seus laboratórios a funcionar normalmente. “Como sabemos, os fármacos para o tratamento da tuberculose não são vendidos nas farmácias e, aqui, no hospital sanatório, os medicamentos são administrados gratuitamente.”
Dada as condições de atendimento,   o hospital recebe   doentes das vizinhas províncias do Bié, Cuando Cubango, Huíla e até do Cuanza Sul.
Júlio Francisco justifica a procura de doentes com o facto de a unidade prestar um bom serviço e por possuir as condições técnicas e humanas adequadas para atender casos da especialidade.
Apesar das condições de atendimento, o director do Hospital Sanatório do Huambo mostrou-se preocupado com os doentes externos, por muitos destes não cumprirem o tratamento e por outros escusarem-se de aparecer na unidade clínica, que tem igualmente diagnosticados alguns casos de HIV/Sida e neumopatias.

Tempo

Multimédia