Províncias

Laboratório de solos no Planalto Central

O secretário de Estado da Agricultura, José Amaro Tati, anunciou ontem que o funcionamento em pleno do laboratório de solos, afecto ao Instituto de Investigação Agronómica (IIA) está para breve.

O secretário de Estado da Agricultura, José Amaro Tati, anunciou ontem que o funcionamento em pleno do laboratório de solos, afecto ao Instituto de Investigação Agronómica (IIA) está para breve.
Segundo o governante, que trabalha desde quarta-feira na província do Huambo, o laboratório está operacional e com capacidade para fornecer dados que contribuam para a investigação agrária.
“Foi com satisfação que encontrei investigadores animados a trabalhar nesta infra-estrutura importante e, de acordo com as garantias que recebi, dentro de pouco tempo teremos o laboratório a funcionar em pleno”, frisou.
José Tati afirmou que a revitalização do sector de investigação agronómica é uma aposta do Executivo, para que o desenvolvimento da agricultura seja sustentável. />“Para tal, os investigadores devem merecer incentivos para criarem variedades de plantas que se adaptem ao nosso clima e raças de animais, que permitam uma multiplicação rápida de qualidade”, disse.
Por outro lado, José Amaro Tati manteve um encontro com a classe de investigadores e técnicos do Instituto de Investigação Agronómica (IIA), durante o qual analisou questões ligadas à execução dos projectos, assim como as condições sociais dos trabalhadores.
“Há projectos gizados pela própria instituição e outros que contam com a cooperação de instituições internacionais de investigação, todos eles na perspectiva de contribuírem de forma positiva para o desenvolvimento agrícola”, afirmou.

Tempo

Multimédia