Províncias

Ligações ilegais causam danos nas redes de distribuição de luz

Tatiana Marta | Huambo

As ligações anárquicas estão a dificultar o fornecimento da energia eléctrica à cidade do Huambo e à vila da Caála, informou, ontem, o director encarregado da manutenção da iluminação pública da província, Júnior Chapeseka.

Uma rua da cidade do Huambo onde as "puxadas" estão a dificultar o fornecimento
Fotografia: Jornal de Angola

As ligações anárquicas estão a dificultar o fornecimento da energia eléctrica à cidade do Huambo e à vila da Caála, informou, ontem, o director encarregado da manutenção da iluminação pública da província, Júnior Chapeseka.
Júnior Chapeseka informou que a situação está a causar estragos nas linhas de distribuição e transporte às cidades da Caála e do Huambo. “A nossa iluminação pública tem sido prejudicada pelas inúmeras e constantes puxadas feitas por pessoas que não têm contratos com a Empresa Nacional de Electricidade”, alertou.
Júnior Chapeseka referiu que as puxadas e outras ligações anárquicas estão a sobrecarregar os grupos geradores, muitos dos quais funcionam há mais de quatro anos e necessitam de manutenção.
A empresa tem aberto valas nos passeios para substituir os cabos danificados, e decorre o processo de substituição e reposição dos postos e cabos de iluminação pública nas cidades do Huambo e Caála.
Os consumidores reconhecem que há melhorias na iluminação pública, nos últimos meses. Por isso, Júnior Chapeseka pede uma mudança de comportamento dos  consumidores que roubam luz, para melhorar a iluminação,  particularmente no período nocturno.

Tempo

Multimédia